quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Talvez...


Talvez hoje e talvez só por hoje eu vou tomar mais um gole do cálice da solidão, talvez por pelo menos mais uma noite eu vou me deitar e apagar você da minha memória...

Talvez só por mais um dia eu consiga dar um sorriso sincero e um aperto de mão amigo e verdadeiro...talvez por mais uma vez eu deva me lembrar de você, do seu rosto e do seus trejeitos...

Talvez não, talvez eu deva abandonar todas essas lembranças e memórias que me provocam insônia e desejos ocultos perdidos pelas paredes de meu quarto..

O telefone segue no silencio, como se eu simplesmente desaparecesse, será que não seria essa uma boa alternativa..desaparecer

Talvez e talvez mais uma vez eu vou deixar a vida me levar, ver que caminho segue e aonde vai me levar...talvez..talvez eu deva tomar mais um gole desse veneno, dessa vez numa dose um pouco mais forte, pra sentir meu coração bater forte, arder, e em desespero procurar um antídoto...apenas mais um gole do seu veneno...

“Adeus mundo cruel”..não, o mundo não é cruel, as pessoas fazem os nossos mundos se tornarem cruel...

Talvez eu deva ir me deitar agora, fechar meus olhos e apagar, talvez eu deva levantar e sair andando sem rumos nas ruas da cidade, procurando encontrar entre postes e arvores, casas e prédios o peso do seu olhar..

Talvez eu deva abandonar tudo e seguir em frente, afinal de contas, "se eu não seguir em frente quem vai me levar?"...


Anderson Toledo Mendes - Nova Londrina,PR

Um comentário:

  1. E talvez qem sabe o mundo está preparando algo melhor pra voce ;D

    muito bom!

    ResponderExcluir