sábado, 8 de janeiro de 2011

Medos, Incertezas e Saudades...


Tudo que é novo gera medo,todo desconhecido gera incertezas, medo e incerteza são coisas que fazem parte de nossas vidas frequentemente..
Já dizia a frase ‘’Navegar é preciso senão a rotina te cansa’’ mas o problema encontra-se justamente nisso, a rotina, a gente se acostuma a fazer uma série de coisas, viver rodeados de pessoas e ter a liberdade, e de repente isso muda, dum dia pro outro, você acorda e vai trabalhar e percebe que as pessoas que te recepcionam na mesa do café da manhã não são as mesmas do dia anterior, as pessoas que você encontra no caminho para o trabalho são completamente desconhecidas, assim como você é pra elas, o ambiente de trabalho não se assemelha em nada ao da semana passada...


A gente parte em busca de melhorias, buscando viver bem, mas quem disse que pra viver melhor tem que se estar longe de tudo que gosta? Pelo contrario, devemos buscar estar sempre próximos de quem gostamos, mas e se isso for só um intervalo? Um meio-tempo, pra gente tentar ficar perto de quem gosta por mais tempo depois?


A falta que sentimos daquele alguém, de não ter mais por perto, nem ver, nem observar seu lindo e belo sorriso, aquele olhar, aquele toque,aquele cheiro tão peculiar, aquele beijo, aquele abraço, não sentir mais nossos corpos colados em um momento único de puro êxtase e prazer banhados somente pela luz do luar e das estrelas e após a explosão de todo esse amor, sentir sua respiração ofegante e acariciar seus cabelos molhados de suor esparramados pelo meu colo, observar o céu na sua infinidade e as estrelas é como se eu tivesse voando entre elas e pudesse ser capaz de tocá-las, é como se não houvesse mais nada além daquele momento, momento que está eternizado e gravado como se fosse uma tatuagem dentro de meu próprio coração, momento esse aonde meu desejo era de que o mundo parasse, o relógio não mais trabalhasse e minha vida só mudasse se fosse pra ser apenas eu e você, momento como esse me gera um leve desespero só de imaginar que não acontecerão mais, pelo menos por enquanto, enquanto isso fica apenas a saudade e a certeza de que valeu a pena, e valerá sempre...


___


Anderson Toledo Mendes, Itajaí-SC
Fonte imagem:http://marianagomesn.blogspot.com/2010_05_01_archive.html

Um comentário:

  1. Olá Anderson!
    Sempre quis criar um blog para postar os vários sentimentos que registrei durante anos.Finalmente uma amiga me estimulou,inclusive eu já tinha até o nome em mente. Foi muito legal ver que vc já faz seus registros e tbm com o mesmo título em seu blog.
    Agora lendo:medos,incertezas e saudades me identifiquei muito com o que escreveu, vejo que isso é natural,pois com certeza quando registramos sentimentos verdadeiros,muitas ou quase todas as emoções são comuns aqueles sentimentos tão especiais e verdadeiros que envolvem nosso ser! Parabéns pelo blog.
    Márcia Zoldan

    ResponderExcluir