terça-feira, 11 de junho de 2013

Um último mergulho...





É alta madrugada, noite agradável com uma leve garoa que bate no vidro da minha janela e eu desperto encharcado em suor, a velha insônia que veio me atormentar com a sua visita inapropriada, e eu tento descobrir o porquê disso? Por que mais uma vez? Por que as 3hs da manhã? Decido me levantar da cama e toco o chão com os pés ainda descalços, me enrolo no roupão que está pendurado na cama e dirijo-me a cozinha, a leve brisa que adentra pela porta da minha varanda, brisa que vem direto do mar e que renova a alma, enche meus pulmões de ar e ao exalar sinto como se algo sufocasse meu peito..


Debruço-me sobre o parapeito da sacada, a luz do luar ao tocar o oceano parece estar me convidando para dar um mergulho na água gelada, minha vontade é de mergulhar em suas profundezas com os olhos cerrados, escutando apenas o barulho do meu coração bombeando sangue por todos os quilômetros de veias e artérias estendidas por todo o meu corpo, quero sentir e escutar cada ml de sangue sendo levado a todas as extremidades do meu organismo, e vou desejar do fundo do meu coração, ser o motivo do seu coração bater mais forte, mas agora não posso fazer mais nada a não ser voltar pra cama e tentar dormir...boa noite!

_____________

Anderson T. Mendes - Baln. Camboriu,SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário